segunda-feira, março 16, 2009

Tenho dúvidas...

11 comentários:

Anónimo disse...

Tens dúvidas se és heterosexual, é?

Ursdens disse...

No contexto visado parece-me que essa de facto será a questão que se impõe...

Ironias à parte, identifica-te e a gente até pode conversar sobre os teus problemas...

Cumprimentos!

toninho disse...

E vale a pena?

JC disse...

Engraçada a "coragem" de quem se esconde por detrás do anonimato. Grande abraço e bom, bom... é o "Cocktail" :D

Ursdens disse...

Toninho:

Uma das dúvidas que tenho é, de facto, se vale a pena... Excelente desempenho da Meryl Streep, argumento interessante, cinematicamente vulgar. Mas é a minha opinião, só isso...

JC:

Eh pá, isto dos anónimos é sempre engraçado... Vai dando para rir (always look at the bright side of life :D)

Grande abraço!

Anónimo disse...

Pelos vistos estava a dar-te crédito a mais, atrasado mental, ao pensar que fosses descobrir quem eu era.

Ursdens disse...

Tenho poucas pistas... Poderei deduzir que tens confusões sexuais, nada mais... Aliás, poderei duvidar, que é para estarmos mais dentro do contexto deste post...

toninho disse...

Quando eu perguntava se valia a pena era em relação a conversar com um "anónimo" ou explicar-lhe o que quer que seja. Quanto ao filme, completamente de acordo. Aliás, mais uma vez. Gostei das interpretações e do tema culpa etc. etc. Por causa da minha (nossa) profissão. Tudo como escrevi sobre o filme.

Abraço

Ursdens disse...

Toninho: Vale sempre a pena, por atitude filantrópica conversar com um anónimo confuso, mas quando ele se revela, mais que confuso, mal educado, de facto o tempo a perder já não será bem empregue...

Quanto ao filme, li agora o que escreveste e não poderia estar mais de acordo... Ocorreu-me, a propósito deste filme, classificá-lo como "indicado para juiz ver", mas depois hesitei...

Sabes, é que até fica a dúvida se a pedófila não será a Meryl Streep...

Cumprimentos cinéfilos!

toninho disse...

Lol. Eu também achei o mesmo. Sem brincadeira. Os hipócritas e os falsos moralistas escondem sempre tanta coisa. E quem só virtudes quer mostrar ... tanta coisa ruim ...

Filipe Machado disse...

Grande história, grandes interpretações, GRANDE FILME!