segunda-feira, fevereiro 23, 2009

Um certo odor fecal

1º- Filmes políticos = prémios. (até em Cannes tem sido assim)
2º- O óscar da Penelope é justo.
3º- Não percebo o brilhantismo de milk, muito menos o do Penn (que é um grande actor). O Rourke sempre foi medíocre, mas merecia este.
4º- O do homenzinho velho que ficou novo era, para mim, o que no seu conjunto mais mérito apresentava.

4 comentários:

wasted blues disse...

Também acho que o Benjamin Button merecia muito mais e, apesar de não lhe negar algum talento, Danny Boyle não tem o calibre de David Fincher ou Gus van Sant!

Ursdens disse...

Concordo! Quanto ao Van Sant, não digo que o Milk seja um filme mal feito, mas é um registo dele que não me interessa tanto. Se calhar por ser português e estar constantemente bombardeado pela polémica dos casamentos homossexuais, da qual já ando francamente farto.

Cumprimentos cinéfilos!

H. disse...

Estamos mais ou menos de acordo, excepto em duas coisas: nada vejo de mal em filmes políticos quando são bom cinema; a Penélope não merecia nada a estatueta ;)

Ursdens disse...

Helena:

Eu também não vejo nada de mal em filmes políticos, acho é mal que o universo dos filmes "galardoáveis", chamemos-lhes assim, esteja praticamente restringido aos "filmes políticos"...

Quanto à Penélope, são opiniões... Mantenho a minha! O filme é ela, disso não haja dúvidas...

Cumprimentos cinéfilos!